Espaço de textos, estudos, ensaios e opiniões do Pastor João Viegas

06
Set 16

Aviso de Deus à Igreja de Cristo

 

“…E sucedeu que, importunando-o ela todos os dias com as suas palavras, e molestando-o, a sua alma se angustiou até a morte. E descobriu-lhe todo o seu coração, e disse-lhe: Nunca passou navalha pela minha cabeça, porque sou nazireu de Deus desde o ventre de minha mãe; se viesse a ser rapado, ir-se-ia de mim a minha força, e me enfraqueceria, e seria como qualquer outro homem. Vendo, pois, Dalila que já lhe descobrira todo o seu coração, mandou chamar os príncipes dos filisteus, dizendo: Subi esta vez, porque agora me descobriu ele todo o seu coração. E os príncipes dos filisteus subiram a ter com ela, trazendo com eles o dinheiro. Então ela o fez dormir sobre os seus joelhos, e chamou a um homem, e rapou-lhe as sete tranças do cabelo de sua cabeça; e começou a afligi-lo, e retirou-se dele a sua força. E disse ela: Os filisteus vêm sobre ti, Sansão. E despertou ele do seu sono, e disse: Sairei ainda esta vez como dantes, e me sacudirei. Porque ele não sabia que já o Senhor se tinha retirado dele.
Então os filisteus pegaram nele, e arrancaram-lhe os olhos, e fizeram-no descer a Gaza, e amarraram-no com duas cadeias de bronze, e girava ele um moinho no cárcere
...” (Juízes 16:16 a 21)

 

Tenho pensado muito a sério sobre a Igreja de Cristo, em geral.

 

E com este meu comentário, não pretendo criticar ou focar alguma denominação em particular, mas sim falar no geral.Efetivamente há os que estão a fazer a obra de forma errada. Mas também há os que a estão a fazer de forma certa. E aqui comparo muito a história da Igreja de Cristo com a vida e o ministério de Sansão...

 

Sansão foi um Juíz de Israel. Era Nazireu (não podia cortar o cabelo) e o Espírito Santo movia-se nele através de uma força sobrenatural, invencível e que o tornava sozinho, com Deus, um exército intransponível. Foi-lhe pedido que se afastasse de algumas coisas pecaminosas (não podia provar bebida forte, nem envolver-se com mulheres estrangeiras). Até aqui, vejo a Igreja de Cristo. Também o Espírito Santo se move nela, dá-lhe forças (mesmo quando é esmagada, batalhada, vituperada) para se debater com ousadia e vitoriosa para vencer. Também lhe foi pedido que se afastasse de algumas coisas pecaminosas...

 

Porém, Sansão, ao verificar que mesmo pecando, o Espírito de Deus se movia nele e lhe dava sabedoria para dirigir os exércitos e até julgar o povo (foi Juíz por 20 anos), começou a não tomar certos cuidados e anão ter em conta a santidade da sua chamada. Já era experiente, já sabia muita coisa e até já achava que era invencível. Aqui volto a ver a Igreja de Cristo. Nos dias de hoje, o mundo está na Igreja (muitas vezes com a desculpa da modernidade), a sociedade domina os princípios que regem a Igreja e a tecnologia e a ciência, sobrepõem-se ao Espírito Santo de Deus.

 

Sansão ao não cuidar da sua vida e ministério, fez com que se esquecesse de não se envolver com mulheres estrangeiras, bebia bebida forte e por fim, permitiu que uma prostituta (Dalila), cortasse o cabelo dele (as famosas 7 tranças), deixando-o à mercê dos seus inimigos, porque o Espírito Santo de Deus, deixou de se mover nele. E geralmente quando é assim, nunca se sente a ‘perda da unção de Deus’... nunca sabemos quando deixámos de estar no sobrenatural para o natural, porque já estamos tão ‘cauterizados’ com más decisões, com a ausência de Deus, sem depender da Graça de Deus...

 

A Igreja de Cristo hoje está assim. Não em todos os lados, claro, mas em muitos deles, sim. O pecado está 'sentado na primeira fila', por causa do dinheiro. Deus já não é a fonte, mas sim os 'artefactos' vendidos. Cobra-se para servir a Deus. Exige-se que se comprem livros, para suposta formação. Vendem-se frascos de água ungida, azeites e outras substâncias. Busca-se 'vassouras para varrer demónios' e 'sapatos ungidos para pisar serpentes e escorpiões', entre outras coisas terríveis, anímicas e diabólicas, que aparentam santidade, mas são falsas e nos conduzem à mentira, engano e cegueira espiritual! Muitos Pastores hoje já nem repreendem o diabo, porque têm medo! Há até quem peça a ‘deus’ para que os demónios não se manifestem na igreja por medo ou por ‘mau testemunho aos novos convertidos’... Sabem o que vos digo? A Igreja de Cristo na Europa está pior do que na América do Sul e Centro, pois lá, os erros estão expostos, uns são descobertos e expostos, outros continuam no seu pecado às claras... mas aqui na europa está tudo encoberto. Esta situação torna o domínio de satanás ainda maior sobre a Igreja, visto que tudo o que está no oculto, tudo o que está escondido, não é de Deus. Deus é verdade e transparência!


“...Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar...” (Hebreus 4:12, 13)

 

Por 20 anos, o Juíz de Israel esteve, no lugar do jumento, a fazer andar a pedra da mó de um moinho. Cego, envelhecido, fraco, limitado, foi alvo de chacota no templo da idolatria filisteia, onde em remissão e arrependimento, pediu ao Senhor que lhe desse uma última oportunidade... e nesse dia conseguiu maiores feitos, do que em toda sua vida, em todo o seu ministério.

 

Eu estou, pacientemente à espera por esse momento de remissão e arrependimento da Igreja de Cristo... em que dentro da Igreja, a Sua Noiva, peça ao Senhor uma última oportunidade... o remanescente de Israel, por forma a conseguir alcançar a oportunidade de, finalmente fazer o propósito da Igreja na terra...

 

Deus abençoe!
Pst. João Viegas

publicado por Jv às 22:51

mais sobre mim
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


arquivos
pesquisar